Humildes Versos Meus #2: Deixar Partir

Olá,

Pessoas lindas do meu coração (tô dengosa), no último post que fiz disse que eu estava em fase criativa e que logo logo *na verdade falei no dia seguinte* teríamos novidades. Pois é…Chegou a segunda postagem da categoria “Humildes Versos Meus” aqui do blog.

Nessa tag, eu publico os versos que faço, não é uma tag muito frequente hahah mas pretendo produzir o suficiente para que esta tag *que vai virar meu xodó* apareça mais vezes por aqui *—————*

Não me lembro que se já comentei aqui, mas eu não sou muito “chegada” à poesias *para ler*, mas quando o bichinho da criatividade me ataca sai algumas coisas até interessantes. Mas vou deixar de conversar e deixar vocês *que estão ansiosos, eu sei* com o último poema que nasce…

“De repente

Invade a casa da gente

Sem a menor preocupação

 

Fez toda bagunça

Transformou aquela segunda

Em um sábadão

 

Agora, me diz sorridente

“É tempo de seguir em frente”

Vai você, buscar outra direção

 

E eu com a vida toda mexida

Sorri na tua partida

“até a próxima estação”

 

Quem sabe você volta

Bate na minha porta

E meus braços se abrirão

 

Abraços apertados,

Sorriso arreganhado,

O mundo (re)inventado, uma canção…”

                                                                         (by. Aninhahh)

Bom por hoje é só…Me falem o que acharam, quero opiniões, a tag deve continuar?

Beijos.

Ah, logo mais teremos novidades *de verdade*, aguardem !

Anúncios

12 comentários sobre “Humildes Versos Meus #2: Deixar Partir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s